Bazar “tá” na moda

por Edson Munck Jr.

Um terno feminino por R$ 15. Um terno masculino por R$ 30. Camisa social nova por R$ 12. Vestido de noiva por R$ 180. Esses são os preços de algumas roupas encontradas em bazares de Juiz de Fora. Para quem busca economia, vale a pena conferir esse tipo de comércio. Boa parte das roupas são de segunda mão, mas estão bem cuidadas. O segredo é pechinchar bastante.

Rita mostra o vestido de noiva que custa R$ 180

Em seu bazar, Rita mostra o vestido de noiva que custa R$ 180

“Tem gente que pensa que bazar é só de coisa velha. Eu mesma já trouxe pra cá peças de vestuário que comprei, mas nunca tinha usado”. Essa é a declaração de Rita de Cássia Daer, 54, que trabalha com bazar há dois anos e dois meses na cidade. Ela começou a atividade em parceria com uma amiga. O tempo passou e Rita acabou ficando sozinha no negócio. E a proprietária do bazar, que fica na Avenida dos Andradas, garante que o trabalho vale a pena. “Tem semana que você vende muito, tem outras em que você quase não vende. Mas eu estou satisfeita com os negócios. Pra mim, que nunca tinha trabalhado fora, tem sido muito bom.”

O senhor Nilton Miranda, 59, comprou quatro camisas sociais com a dona Rita e pagou, ao todo, R$ 20. “Se tivesse comprado numa loja normal, eu pagaria uns R$ 20 por camisa. Aqui, levo quatro pelo preço de uma lá fora”, justificou. Cada peça saiu por R$ 5. Se Nilton tivesse comprado os modelos novos, gastaria, em média, R$ 80.

Os clientes que frequentam o bazar de Rita são de várias faixas etárias. Segundo a proprietária, muitos jovens procuram a loja para buscar roupas antigas para festas temáticas ou à fantasia. Também existem clientes que compram numa semana e voltam na seguinte para trocar as peças. Rita de Cássia vê o bazar como uma forma de construir amizades. “Quando chega alguma peça que eu sei que alguém vai gostar, eu logo guardo e ligo para a cliente.”

Os bazares são uma excelente alternativa para quem quer economizar na compra de roupas. A maioria das peças encontradas neles são usadas, mas, quem tem um pouco mais de paciência para procurar, pode encontrar peças novas e até mesmo de marcas conhecidas. No universo eletrônico, o site Enjoei e tô vendendo é um dos que mantém a tradição dos bazares. Na página, é possível encontrar peças de grife a preços surpreendentes. Além disso, tem gente que opta por utilizar peças no estilo vintage e, para essas pessoas, os bazares são lojas de primeira qualidade.

Quer saber mais sobre a moda vintage? Acesse euamovintage

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Economia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s