Vereadores cobram paradas fora da rodoviária

por Fernanda Rocha

Muitas linhas de ônibus interestaduais deixaram de realizar paradas fora do Terminal Rodoviário Miguel Mansur. Outras linhas ainda passam em locais como a Praça da Estação, porém só permitem embarque e desembarque de passageiros com pequenas bagagens. Diante desse quadro, os vereadores Flávio Cheker (PT), Roberto Cupolillo (Betão – PT) e o presidente da Câmara, Bruno Siqueira (PMDB) buscam em seus mandatos cobrar a reativação desses pontos junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Eles defendem paradas no trevo do Teixeiras, Praça Jarbas de Lery (São Mateus) e Praça da Estação, o que beneficiará profissionais e estudantes de outras cidades que gastam muito tempo para se deslocar até a rodoviária.

fotos 135

Muitas linhas de ônibus não passam mais pela Praça da Estação

De acordo com o agente de viagens da Pantur, Eduardo Mesquita, há pelo menos três meses várias linhas de ônibus só param na rodoviária devido às recomendações da ANTT, como a Progresso, Útil, Briza e Cometa. Somente as linhas que atendem a cidades mais próximas como Frota Nobre, Santos, Sertaneja e Bassamar é que costumam parar em outros pontos, como a Praça da Estação. Ele afirma ainda que a população sempre reclama na hora de comprar as passagens, no entanto, não vê quedas nas vendas dos bilhetes.

Pablo da Silveira vende balas na Praça da Estação há cinco anos e nota um fluxo menor de pessoas no local devido à medida da agência reguladora de trânsito. De acordo com ele, muitas pessoas já esperaram por ônibus que nunca chegaram por mudar de rota e outras costumam perder a viagem pela falta de informação sobre o embarque com malas grandes.

fotos 117-1

Luana Justus se sente prejudicada com a medida da ANTT

A estudante Luana Justus já perdeu viagem por não poder subir com a bagagem na Praça da Estação. Ela não foi informada dessa medida na hora de comprar a passagem e só se atentou para o fato quando o motorista a impediu de subir no ônibus. “Antes eu podia colocar minha mala no bagageiro do ônibus, agora não posso mais. Só vi isso escrito no papel na hora do embarque. Na agência os funcionários não tinham me informado dessa novidade. Tive que adiar meus compromisso e isso me prejudicou muito”. Ela ainda enfatiza que a rodoviária fica localizada em um local muito distante e tem que pegar dois ônibus para chegar até lá, algo demorado e desconfortável, mas que agora é necessário. Já o veterinário Humberto Lourenço não concorda que paradas fora rodoviária sejam uma boa alternativa em Juiz de Fora: “Além de atrasar a viagem, esses outros pontos da cidade não possuem estrutura adequada. É um tumulto desnecessário, pois a rodoviária é um local muito mais organizado para esse tipo de coisa”.

Os vereadores participaram da audiência com a ANTT, em Brasília, no último dia sete, para tratar do assunto. O secretário dos transportes da prefeitura, Márcio Bastos e o procurador da secretaria, Leonardo Vital também estiveram presentes. No entanto, a agência negou a pedido devido à ausência da definição exata do que seja “terminal” e justifica dizendo que essas paradas comprometem o fluxo de trânsito na cidade.

O vereador Flávio Cheker acredita que a ANTT não leva em conta as funcionalidades de outras paradas de ônibus e que os vereadores envolvidos com causa estão tomando novas providências para atender a essa necessidade da população.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s