Campanha BOA

 Por Aldine Mara

cartaz 2Estudantes, professores, funcionários e pessoas que passaram pelo Campus da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) no último dia 10 tiveram uma surpresa: um centro de doação de sangue foi montado dentro da Universidade. A campanha foi uma iniciativa do Núcleo de Empresas Juniores (NEJ) da UFJF e aconteceu das 8h às 17h no hall e no anfiteatro da Reitoria.

Durante todo o dia uma equipe especializada da Fundação do Centro de Hematologia de Minas Gerais (Hemominas) coletou sangue dos que se propuseram e podiam ajudar. Batizada de “BOA”, o nome da campanha faz uma referência aos três tipos de sangue: B, O e A, e teve como público alvo, os universitários.

 De acordo com a diretora do Núcelo de Responsabilidade Social da Acesso Comunicação Jr. , empresa júnior da Faculdade de Comunicação Social da UFJF, Giselle Ribeiro, a campanha teve o exemplo da UFV, que já realiza esse tipo de evento na Universidade: “ estamos planejando essa idéia há um ano”, comenta. Ela explica que para realizar a doação dentro do Campus a equipe do Hemominas de Juiz de Fora foi à Universidade há um mês para fazer a avaliação do lugar: “eles passaram todas as recomendações que deveríamos ter no dia e, além disso, tivemos a presença de uma assistente social”. Para Giselle, a campanha serviu para conscientizar e estimular a população universitária sobre a importância de doar sangue: “doar sangue salva vidas”, ressalta.

 A médica Mônica Guimarães, que faz parte da equipe do Hemominas, destacou a presença dos jovens nesse tipo de campanha. Para ela, o meio acadêmico é um espaço aberto a esse tipo de experiência. “O Hemominas é um prédio Central de Juiz de Fora, é importante que o doador conheça ele também. Mas às vezes ele fica envolvido com suas atividades, no caso na Universidade, e não tem tempo pra ir lá.”, reforça Mônica sobre a importância de levar o banco de sangue para outros lugares.

fila

Estudantes na fila para doar sangue: 55% dos doadores do Hemocentro Regional de Juiz de Fora são pessoas entre 18 e 29 anos

De acordo com o Hemocentro Regional de Juiz de Fora, a unidade atende a 30 municípios da região da Zona da Mata mineira, o que corresponde a 58 hospitais. Por dia, saem cerca de 100 a 120 bolsas de sangue. Para suprir toda a demanda é necessário que compareçam por dia, independentemente do tipo sanguíneo, cerca de 150 candidatos para doação. Mas para doar é preciso alguns pré-requisitos, sendo assim o Hemominas seleciona os doadores de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). O candidato à doação passa por uma avaliação médica e só doa sangue se estiver em boas condições de saúde. O material utilizado é descartável e o a pessoa não corre risco de contrair doenças ao doar sangue. O volume colhido não faz falta ao doador e o organismo se encarrega, rapidamente, de sua reposição. 

Outras dicas importantes estão relacionadas aos cuidados pós-doação. Após o procedimento o doador deve aguardar no mínimo uma hora para dirigir curtos percursos e duas horas para viagens; não fumar por, no mínimo, duas horas; não pegar peso com o braço utilizado para doação e não fazer exercício físico acentuado nas próximas 12 horas.

Quer saber se você pode participar dessa “BOA” idéia? Então confira as recomendações:

Para doar sangue é necessário:  

·         Ter e estar com boa saúde;

·         Não ter tido hepatite após os 10 anos de idade;

·         Ter idade entre 18 e 65 anos;

·         Pesar acima de 50 Kg;

·         Dormir bem na noite anterior a doação;

·         Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis;

·         Não estar gripado, resfriado, com febre ou diarréia;

·         Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas;

·         Não ser usuário de drogas;

·         Não apresentar ferimento ainda não cicatrizado;

·         Não estar grávida ou em período de amamentação. Após o parto normal é necessário aguardar 3 meses, após cesárea, 6 meses;

·         Não ter sido submetido a exame de endoscopia ou broncoscopia nos últimos 12 meses;

·         Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses;

·         Não doe sangue em jejum. Pela manhã, alimente-se antes; a tarde, dê um intervalo de 3 horas após o almoço;

·         Tratamento dentário impede a doação por período de 1 a 30 dias, conforme o caso;

·         O prazo mínimo entre uma doação de sangue total e outra é de 60 dias para os homens e de 90 dias para mulheres. Para doadores com idade entre 60 e 64 anos, o intervalo é de 6 meses;

·         A menstruação e o uso de pílulas anticoncepcionais não impedem a doação;

·         Homens podem realizar até 4 doações de sangue total em um período de 12 meses e as mulheres 3 doações;

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Webjornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s