A arte de Nequitz é tema de exposição no Espaço Mascarenhas

Por Michele Leite

“Maravilhosa”, assim foi definida a exposição de Nequitz por um espectador presente no evento. O vernissage aconteceu no dia 12 de novembro às 20h, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM). “A Arte de Nequitz – Uma homenagem ao Ano França no Brasil” foi o tema escolhido pela artista plástica e reuniu 29 telas de formatos variados, com técnica mista, definida por Nequitz como a utilização de mais de um material: a tinta acrílica e o óleo.

Durante a exposição, Nequitz fazia comentários de suas telas com o público

O vernissage contou com a presença de um público vasto e variado, que pôde apreciar as telas de Nequitz, que representam o Belle Èpoque e o Pop Lúdico. Este último é definido pela artista como “uma brincadeira entre Rio de Janeiro e Juiz de Fora, Paris e Rio de Janeiro, porque o Rio sofreu muita influência da França”, destaca.  Dessa forma, ela apresenta o cotidiano humano visto de um lado poético e saudosista. Um coquetel e uma homenagem musical à artista também marcou a noite.

A mostra fica exposta no CCBM até o dia 3 de janeiro de 2010, sempre de terça à sexta-feira, das 9h às 21h e sábados e domingos, das 10h às 16h. A entrada é gratuita. Nequitz anuncia que em dezembro estará com essa exposição no Museu do Louvre, na França.

A artista

Nequitz com sua tela "O dia da liberdade"

Nequitz, nome artístico de Neuza de Carvalho de Miguel que nasceu em Juiz de Fora, mas reside no Rio de Janeiro desde 1968. Lá estudou História da Arte e pintura com vários artistas de renome internacional, como Luiz Badia, Bernardii e Belizio, o que lhe deu uma ampla visão do panorama artístico e ajudou a definir suas técnicas.

A artista começou a pintar profissionalmente em 1992 e, desde então, vem participando de inúmeras coletivas nacionais e internacionais, expondo no eixo Rio – São Paulo e em centros como Veneza, Roma (Itália), Paris (França), Lisboa e Porto (Portugal), entre outros.
Para Nequitz, é difícil definir qual a exposição que mais marcou sua carreira, mas ela destaca que a primeira vez que expôs em Juiz de Fora, sua cidade natal, foi a que mais a emocionou. Além disso, ela ressalta que está muito ansiosa para a próxima exposição em Paris, no mês de dezembro.

Premiações

Nequitz já recebeu diversos prêmios por participação em salões de arte, totalizando 13 medalhas de ouro, cinco de prata e oito de bronze. Segundo a artista, dois prêmios conquistados marcaram muito a sua carreira: o SuperCap de Ouro em 2008, considerado pela crítica o Oscar Brasileiro, e o quinto lugar na categoria pintura, com a tela “Rio Antigo”, na 7a Bienal Internacional de Roma.

 

Veja mais:

A artista deixa uma mensagem para os artistas plásticos – Ouça

http://www.nequitz.com/brasil/pagina.php?id=1

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cultura e Arte, Primeira Página

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s