Pesquisa sobre DST e facebook gera discussões entre os jovens usuários dos sites de relacionamentos

Essa semana foi divulgada uma pesquisa britânica que apontava o site de relacionamentos Facebook como um dos principais responsáveis pelo aumento de 400% nos casos de sífilis em quatro cidades do Reino Unido. Partindo do princípio de que o site proporciona mais facilmente encontros para sexo casual, a pesquisa, feita com apenas trinta indivíduos, concluiu que em muitos casos de transmissão de Doenças Sexualmente Transmissíveis, os parceiros tinham se conhecido através do Facebook.

O Facebook é mais utilizado no Reino Unido, país que tem o terceiro maior número de perfis. O Brasil não está nem entre os dez países que mais utilizam o site. Mas o brasileiro também gosta de site de relacionamentos. Aqui, o Orkut é o mais utilizado, com mais de 35 milhões de usuários, segundo dados de 2009 do site Info Abril. De acordo com uma pesquisa feita pela UFRJ, 60% dos usuários do Orkut são brasileiros.

O usuário do orkut, Marcus Vinícius Vasconcelos, de 18 anos, discorda da pesquisa britânica e a considera absurda. “São trinta pessoas em quatro cidades. Isso não é uma amostra relevante”. Além disso, ele acredita que o facebook ou o Orkut são sites que proporcionam encontros, mas a profundidade do relacionamento depende das pessoas em questão e não do site o tipo de relacionamento que eles terão. “Se não fosse por facebook, os encontros seriam em um bar ou em uma festa”.

Na opinião de Raphael Cunha, de 17 anos, as pessoas realmente usam o facebook e o orkut para marcar encontros. Ele tem Orkut e facebook e acredita que é comum que as pessoas utilizem esses sites para se encontrar. “Acho normal, porque quando você olha o perfil de alguém e resolve se encontrar com essa pessoa, é porque vocês têm pelo menos alguma coisa em comum”. E discorda da pesquisa. “Eu não concordo, porque o encontro não precisa ser necessariamente tão íntimo quanto diz a pesquisa. E mesmo que fosse, não vejo nenhuma relação entre o facebook e o fato de as pessoas não estarem se protegendo contra as Doenças Sexualmente transmissíveis”.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência & Tecnologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s