Verde-amarelo invade bares e restaurantes de Juiz de Fora

por Bárbara Schlaucher

Bares e restaurantes se preparam para a Copa

Há pouco mais de duas semanas da Copa do Mundo, o verde-amarelo começa a se espalhar pelas ruas e estabelecimentos comerciais da cidade. A expectativa já contagia os juizforanos e os jogos da seleção brasileira são mais um motivo para amigos e familiares se reunirem na frente da telinha.

Assistir a partidas de futebol em uma mesa de bar já é tradição no país. Para não ficarem de fora da torcida, os bares e restaurantes da cidade se preparam para receber os fiéis torcedores e atrair novos clientes durante a Copa. “Por mais que a pessoa não seja fã de futebol, quando se trata da Copa do Mundo e da seleção, o país pára e a gente quer fazer parte disso”, afirma o empresário Mauro César Cavaca, dono de um restaurante da cidade.

A Copa do Mundo 2010 acontece na África do Sul e começa no dia 11 de junho. Por causa do fuso horário, muitas partidas vão acontecer na parte da manhã. É justamente nesses dias que os donos de bares e restaurantes da cidade esperam lucrar. Para acompanhar a seleção canarinho os estabelecimentos vão ter que trabalhar em horários atípicos ou de pouco movimento. A expectativa é de que o fluxo de clientes aumente em aproximadamente 30%.

Estabelecimentos apostam em promoçoes para atrair clientes

Mas apenas transmitir os jogos do Brasil é pouco. Em 2010, os bares apostam nas promoções e na decoração para chamar a atenção do consumidor. No restaurante de Mauro César não falta criatividade. Além de tabelinhas que divulgam a programação da Copa e os serviços do estabelecimento, já acontece uma promoção: a cada dois chopes, o cliente leva para a casa uma tulipa personalizada com a bandeira de uma seleção. São seis modelos ao todo. “A promoção está fazendo muito sucesso. O estoque está bem alto, mas não sei se dura até o fim da Copa, por que a saída tem sido muito grande”, comemora o empresário.

A estrutura montada para o mundial nos estabelecimentos também é uma preocupação. Mauro César já conta com três TVs em seu restaurante. Mesmo assim, vai colocar um telão para atrair os apaixonados por futebol. “Até agora já investi aproximadamente 3 mil reais para a Copa do Mundo. Mas vale a pena, coloca a loja no espírito dos jogos”, avalia o empresário.

Francele Galil Rocha também é dona de um bar na cidade e esta é a sua primeira experiência em mundiais. “Neste mês, nós vamos trabalhar com uma margem de investimento 80% maior do que o normal. Além de brindes, promoções e gastos com segurança, vamos fazer uma decoração bem patriota para exaltar o Brasil”, afirma. Em seu estabelecimento, os garçons vão trabalhar uniformizados e os clientes mais fiéis vão usar camisas feitas especialmente para os jogos. A empresária vai investir ainda em um cardápio exclusivo. “Nós vamos exibir todos os jogos da Copa, não só os do Brasil. Vamos estar em pleno funcionamento”, antecipa a proprietária do bar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Economia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s