Sindicato dos servidores municipais analisa resultados da greve

Por Márcia Costanti

No último dia 27, os servidores públicos municipais retomaram as atividades normais depois da paralisação de uma semana. Os trabalhadores entraram em acordo com a Prefeitura de Juiz de Fora e encerraram a greve. O acerto feito entre funcionários e administração municipal definiu que os trabalhadores terão reajuste de 7%, o qual passou a valer de forma retroativa desde o dia 1º de maio. Já o pagamento dos 3,68% referentes às perdas salariais de anos anteriores será feito nas seguintes datas: 0,5% a partir de 1/12/2010, 1,34% a partir de 1/5/2011, 1% a partir de 1/11/2011 e 0,84% a partir de 1/5/2012.

Servidores realizam assembléia durante paralisação

O diretor financeiro do Sindicato dos Servidores Públicos da cidade, Antônio Carlos de Santana faz um balanço da greve. Ele considera que os trabalhadores sofreram grande pressão da administração municipal. Apesar disso, aponta o desfecho como significativo para a classe. “O ponto alto foi a união sindical. O servidor deixou a timidez de lado para apoiar o movimento nas ruas”, ressalta. Santana acredita ainda que a proposta oferecida pelo governo municipal não satisfaz os objetivos do sindicato.

Durante a paralisação, foi montada uma comissão especial para mediar o contato entre os trabalhadores e a prefeitura. O vereador Flávio Cheker fez parte do grupo e afirma que as negociações chegaram a um patamar aceitável. Ele explica que, apesar do acordo ainda não ser o ideal para o trabalhador, representa um grande avanço. “A comissão se reuniu diversas vezes, tanto com a direção sindical quanto com a administração municipal até alcançar o melhor resultado neste momento”.

Está previsto no acordo a realização de reuniões para discussão de pautas especificas de cada sindicato, que envolve trabalhadores da área da saúde, engenheiros, professores e demais servidores. Além disso, a Prefeitura concordou em não descontar dos trabalhadores os dias não trabalhados. Para isso, deve ser feita reposição das horas, em escalas organizadas pela administração municipal.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s