Namoro pela internet: um novo conceito em relacionamentos

Quando pensamos em grandes histórias de amor, dificilmente nos lembramos da internet. Para Juliana Bertolazzi e Thiago Dias a ferramenta foi uma grande aliada no romance. E assim como o casal, muitos brasileiros usam a internet como forma para se relacionar.

No caso de Juliana e Thiago, o namoro aconteceu de forma inesperada. Os dois faziam parte de uma comunidade do Orkut dedicada à fãs de um programa de televisão. Foram mais de quatro meses de conversa antes do primeiro encontro, que reuniu mais de 10 pessoas que só se conheciam pela internet. “O tempo foi passando e a amizade só crescendo, até que descobrimos que o que sentíamos um pelo outro era mais que amizade”, conta Juliana.

Depois de alguns encontros, os dois decidiram oficializar a relação, mesmo com a distância. Juliana e Thiago, que moram em cidades diferentes, compensam a saudade nos fins de semana. Para se encontrarem, gastam cerca de 2 horas no trajeto São Paulo – Diadema. E agora, passado cerca de três anos desde o primeiro contato, o casal decidiu dar um grande passo na relação: vão se casar!

Para a psicóloga Ana Stuart, a internet pode ser uma grande aliada para pessoas tímidas, que têm medo de um primeiro contato. Segundo ela, os jovens são os principais usuários dos bate-papos virtuais. Isso porque, na juventude, há uma grande necessidade de ser ouvido e de ser compreendido. “Antes esse contato era feito por telefone. Os pais gastavam uma fortuna. A internet vem para facilitar esse processo.”, explica Ana. Porém, a psicóloga alerta para possíveis problemas com o uso da ferramenta. “Tudo em excesso é ruim. Pode haver uma acomodação por parte de quem precisa enfrentar o contato pessoal.” Ana ainda comenta os cuidados que devemos ter nas relações virtuais.. “Tem gente que consegue ter uma postura no virtual, que não consegue ter no real. Ou por vergonha, ou por compulsão pela mentira, ou porque idealiza uma personalidade que na verdade não tem. E por isso, as pessoas têm que ter muito cuidado nas relações virtuais. Porque na verdade, eles ali podem estar falando com a pessoa conscientemente, ou podem estar falando com uma pessoa que está fantasiando o seu perfil.“ Clique aqui para ouvir.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Ciência & Tecnologia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s