Festas juninas mantêm tradições vivas

por Anna Flávia Horta

Como sempre acontece todo ano, os meses de junho e julho são marcados por várias festas típicas da época. Já tradicional no calendário cultural em Juiz de Fora, o Arraiá da Cidade vai ter a sua 13º edição. A festa é promovida pela Funalfa e já tem data definida para acontecer. Esse ano está marcada para os dias 24 e 25 de julho, a partir das 14 horas, na Praça Antônio Carlos, dando continuidade a tradição de festas juninas e julinas.

Divulgação PJF

Apresentação na última edição do Arraiá da Cidade, em 2009

De acordo com a assessoria da Funalfa, a festa tem o objetivo de fortalecer a tradição e promover o trabalho de profissionais que todo ano se empenham em divulgar essas manifestações folclóricas.

De acordo com a assessoria da Funalfa, o evento é importante para Juiz de Fora porque além de divulgar grupos musicais e artistas que trabalham com essas manifestações populares e folclóricas, a renda das barracas de comidas e bebidas típicas é revertida para entidades beneficentes.

Todo ano acontece um concurso de quadrilhas para grupos de Juiz de Fora e região. O regulamento para participar do Arraiá ainda não foi divulgado e será discutido juntamente com a data das inscrições em uma reunião marcada para o dia 7 de julho.

As festas de São João não são realizadas apenas aqui no Brasil, países como Portugal, França, Ucrânia, Polônia e Suécia. No Brasil, como o mês de junho é a época da colheita de milho, a maioria dos doces típicos conhecidos na festa junina é feita desse alimento, como canjica, milho cozido, pipoca, bolo de milho. Outras comidas típicas dessa época são as broas de fubá, o pé-de-moleque e a cocada.

Um pouco de história

Entre as versões sobre a origem das festas juninas, existem duas que são mais famosas. Uma explica que essa festa tem origem na França, em uma dança de salão francesa para quatro pares, chamada “quadrille”, de onde as quadrilhas brasileiras buscaram inspiração.

No Brasil, não só a dança, mas também as músicas e as roupas se adaptaram. Há historiadores que explicam que os remendos nas roupas eram usados com a intenção de igualar as classes sociais nas festas, já que o uso de roupas remendadas não permitira destacar diferenças. Em algumas regiões do

Personagem Jeca Tatu, criado por Monteiro Lobado

Brasil a história dessa comemoração é um pouco diferente. Anna Luiza Raymundo é pedagoga há 16 anos e dá aula para crianças com até 10 anos deidade. Ela conta que aqui na região Sudeste, a versão mais conhecida da história da festa junina é explicada pela figura do Jeca Tatu, um personagem do escritor Monteiro Lobato, representado por um homem simples, do campo, que acabou criando a imagem do caipira, a figura principal das festas juninas. “O Jeca Tatu gerou uma descaracterização do homem do campo. Nas festas juninas, o figurino que as pessoas usam é inspirado nesse personagem, por isso eles se vestem dessa maneira.”, explica Anna Luiza.

Para a pedagoga, a realização dessas festas temáticas nessa época do ano vai além de simples comemorações. Segundo ela, é muito importante manter esse costume vivo e resgatar essas danças e músicas populares que vieram de tanto tempo e continuam passando de geração para geração. “Hoje em dia, aqui na escol,a nós tentamos manter esse costume, porque as crianças de hoje só querem saber de televisão e de tecnologias em geral. Nós precisamos aproveitar essas comemorações tradicionais para fugir um pouco disso”, explica.

Ouça aqui a pedagoga Anna Luiza Raymundo comentando a importância da Festa Junina.

Para conhecer melhor a história de Jeca Tatu, clique aqui.

Você também pode ler o artigo O “Jeca Tatu” de Monteiro Lobato: Identidade do Brasileiro e Visão do Brasil, de Roberto Bitencourt da Silva.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Cultura e Arte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s