IGP-M pode encarecer os alugueis

Por: Thiago Menini

O índice geral de preços-mediado, IGP-M, utilizado para reajustar os contratos de alugueis, sofreu variação de 0,66% no mês de agosto. O IGP-M é calculado pela Fundação Getúlio Vargas e as coletas de dados são realizadas entre os dias 21 do mês anterior até o dia 20 do mês referido.

O IGP-M é um índice formado por três taxas: o índice de preços por atacado, IPA, que representa 60% do cálculo; pelo índice de preços do consumidor, IPC, correspondente a 30% do total; e o índice nacional do custo de construção, que equivale a 10% do total.

Entretanto o IGP-M é um índice válido somente para quando os contratos vencem, não afetando os que estão vigentes. Após o vencimento de um contrato, abre-se a livre negociação com o inquilino para poder entrar em acordo com as locadoras de imóveis.  Assim, o IGP-M passa a ser o índice para a base do cálculo do aumento. Confira o que diz o gerente de locação de imóveis, Jeferson de Oliveira Campos.

Mas o IBGE divulgou que 73% da população já possue casa própria. Em relação a última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), em 2009, divulgada este ano, foi  detectado um aumento de 13,4% em relação a 2008. Em grande parte do Sudeste, este fator é decorrente da facilidade de financiamento e do aumento dos preços dos alugueis.

Deixe um comentário

Arquivado em Economia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s