Não deixe a preguiça tomar conta de você.

Por Pedro Henrique Carpanês

Nunca se falou tanto em cuidar da saúde e praticar esportes, quanto hoje em dia. O século XX trouxe a geração saúde e a preocupação com uma melhor qualidade de vida. Para muitos um sacrifício, mas para outros um prazer que traz diversos benefícios.

Manter a pratica regular de exercícios físicos, conciliados com uma dieta balanceada garantem disposição para o dia a dia e uma maior longividade, aponta a Sociedade Brasileira de Medicina. Graças aos avanços da medicina e uma melhor qualidade de vida, na última década o número de idosos no Brasil cresceu cerca de 20%. Atualmente, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são 21,7 milhões de pessoas com mais de 60 anos no país.

Em pesquisas recentes cientistas comprovaram que a prática de atividade física constante reduz cerca de 40% o risco de doenças degenerativas e desacelera o processo de envelhecimento do organismo. Para obtermos esse resultado o gasto calórico tem que ser em média ou superior a 400 calorias por semana.

Estudos feitos pelo American College of Sports Medicine , segundo a revista Men’s Health Brasil, apontam que além de retardar os efeitos da idade,  praticar esportes diminui a ansiedade, a depressão, os índices de estresse, a probabilidade de sofrer problemas cardíacos e o risco de incapacidade para realizar tarefas diárias. Além disso tudo, melhora o vigor físico e o sono.

Então fomos as ruas saber o que as pessoas acham da prática de esportes na vida do brasileiro

Essa tabela é para os maiores de 18 anos. Ela mostra o gasto calórico durante o sexo.

Entre as atividades recomendadas surge em primeiro lugar a caminhada, em segundo a natação e, acreditem, em terceiro o sexo (esse claro sempre de forma segura). Esse último, além de prevenir doenças, ainda faz bem para a pele, cabelos, ossos e o mais importante ao coração e ao cérebro. Durante a relação sexual, o aumento do fluxo sanguíneo garante uma maior oxigenação das células corporais e cerebrais, fazendo com que áreas pouco utilizadas do cérebro sejam ativadas.

 

Para aqueles que pretendem fazer outros tipos de atividades além do sexo, é sempre importante procurar um médico e manter um acompanhamento regular de um profissional de Educação Física durante os exercícios. Para que não aja erros de execução ou exageros, que em vez de trazer benefícios, acabam por causar outros problemas.

Deixe um comentário

Arquivado em Esporte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s