Compras pela internet crescem 40%

Brasileiros movimentaram R$6,7 bilhões no comércio eletrônico no 1º semestre de 2010; Confira dicas para comprar de forma segura

Por Mariana do Amaral Antunes

Venda de TVs e artigos esportivos para a Copa do Mundo contribuíram para o aumento nas vendas online

A quantidade de internautas que preferem fazer suas compras pela internet cresce a cada dia, e isso já não é novidade para ninguém. Somente no primeiro semestre de 2010, os consumidores brasileiros movimentaram R$6,7 bilhões em compras na internet, de acordo com uma pesquisa da E-Bit, empresa especializada em comércio eletrônico. O valor representa um crescimento de 40% com relação ao mesmo período de 2009, e exclui compras de veículos, passagens aéreas e movimentações financeiras em leilões virtuais.

Opções de produtos não faltam à disposição do consumidor na internet, mas, segundo a pesquisa, o aumento foi impulsionado, principalmente, pela venda de aparelhos televisores de tela plana e artigos esportivos, por conta da Copa do Mundo que aconteceu em junho.

O estudante Régis admite que ainda tem receio de comprar de alguns sites na internet

O estudante Régis Adriano da Costa, de 20 anos, foi um desses consumidores que adquiriram artigos esportivos pela internet em época de Copa, e que volta e meia utilizam a grande rede para comprar em busca de comodidade e preços acessíveis.  “Além de artigos esportivos, compro de vez em quando livros e DVDs, que são muito mais baratos. A internet também é boa porque eu recebo os produtos em casa”, explica Régis.

Vantagens para clientes e vendedores

E se tem consumidor satisfeito de um lado, sem dúvidas há vendedores satisfeitos do outro, que comemoram o crescimento nas vendas.  Raquel da Silva Machado atua há cinco anos em um site de vendas, compras e trocas na web, vendendo produtos de beleza. A procura é grande, e ela diz que o segredo é passar confiança para quem compra: “nunca deixei de enviar nenhum produto, até porque este não é nem de longe o meu objetivo”, diz.

Apesar das vantagens, os consumidores devem ficar atentos, pois mesmo quem já está acostumado já passou por situações inconvenientes. Régis conta que certa vez adquiriu um produto, e se surpreendeu ao recebe-lo em casa completamente diferente do especificado no site. “Ficou por isso mesmo, por isso tenho um pouco de receio de comprar em alguns sites. Só compro nos que tenho cadastro, e que me passam um pouco de confiança”, admite o estudante.

Como comprar com segurança? Ministério da Justiça lança cartilha com orientações para compras pela internet

Deixe um comentário

Arquivado em Economia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s