Comércio de Juiz de Fora aposta nas vendas de fim de ano e inicia período de contratações

Por Pedro Guedes


Movimento mais intenso deve ocorrer a partir do dia 15 de dezembro, devido às compras de última hora.

O crescimento nas vendas com a chegada do Natal tem aumentado também a contratação de funcionários temporários. A previsão do Sindicato do Comércio de Juiz de Fora é de que as vendas aumentem até cinco vezes em dezembro, o que deve gerar pelo menos 1200 empregos provisórios. A expectativa é de que o movimento se intensifique a partir do dia 15 de dezembro devido ao hábito de as pessoas deixarem as compras para última hora.

Para atender à demanda da época, uma loja de roupas do centro da cidade está contratando mais três funcionários. Segundo a gerente Maria Luíza Nalin, a loja espera que o Natal deste ano seja melhor do que o de 2009. Para isso, ela já aumentou o seu estoque e está dando um treinamento diferenciado para os antigos e novos funcionários do estabelecimento. É o que também afirma a gerente de uma sapataria, Selma Aparecida Souza: “Normalmente nós trabalhamos com dois funcionários no balcão e quatro vendedores circulando pela loja. Com o aumento das vendas, nós remanejamos um funcionário para o balcão e estamos contratando mais três para atender os clientes”.

Uma vaga temporária no comércio no fim de ano é uma oportunidade para quem busca se firmar no mercado de trabalho. “Sem dúvida essa é uma chance de ganhar um dinheiro extra com as boas comissões do Natal e de, quem sabe, começar 2011 com um emprego fixo”, explica a vendedora temporária Francesca Giordano. Foi o que aconteceu com a hoje vendedora Raquel dos Santos: “Comecei ano passado como temporária em uma loja de roupas. Em janeiro fui contratada e agora acabei de ser remanejada para uma loja maior da franquia. Tudo isso, graças à experiência como funcionária temporária”, ressalta Raquel.

E mesmo para quem ainda está desempregado, há uma chance de conseguir uma vaga. Isso por que, para os comerciantes, o movimento mais intenso deve acontecer somente depois do dia 15 de dezembro. “As vendas começaram a aumentar já neste mês com o pagamento da 1ª parcela do 13º salário, mas o movimento mais intenso só deve acontecer na segunda quinzena de dezembro, por que as pessoas têm o costume de deixar as compras sempre para a última hora”, afirma a gerente de vendas, Silvânia Coutinho. E os lojistas afirmam que, se o movimento for ainda maior do que o esperado, novas contratações devem acontecer.

Deixe um comentário

Arquivado em Economia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s