“Natal em Manuel Bandeira e Cândito Portinari”

Exposição inaugura comemorações dos 25 anos da Biblioteca Regional Delfina Moreira

Por José de Assis

Natal em Manuel Bandeira e Cândido PortinariAs obras do pintor Cândido Portinari e do escritor Manuel Bandeira se juntaram para mostrar que as fronteiras entre artes plásticas e literatura, são bem mais próximas do que se imagina. O palco é Juiz de Fora, desta vez longe do centro ou das galerias da cidade alta e zona sul. Mais uma edição do projeto Exposições Itinerantes, da Secretaria Estadual de Cultura de Minas Gerais chega ao Bairro Benfica, na Biblioteca Delfina Fonseca Lima, única sucursal da Biblioteca Municipal Murilo Mendes (BMMM) na cidade.

A exposição apresenta em 11 banners que se colocam entre as velhas estantes de livros e seus leitores numa série de imagens e textos sob a temática natalina, tão presente na trajetória dos dois artistas brasileiros. Em meio aos freqüentadores, as obras apresentam seus presépios, reis magos e a sagrada família sob os traços do pintor, do óleo sobre tela ao desenho a grafite, completadas pelas palavras, da “Anunciação”, do “Natal sem Sinos”, no universo do poeta Manoel Bandeira.

Foto ExposiçãoA mostra marca os 25 anos da Biblioteca Delfina Fonseca Lima, a única biblioteca pública, mantida pela Prefeitura fora do centro da cidade. Segundo Vanderley Tomaz, coordenador da BMMM, receber essa exposição é uma honra para a sucursal e para os moradores do bairro Benfica e proximidades. “Muito nos honra saber que a Biblioteca Delfina Fonseca foi a escolhida para receber essa exposição. É uma exposição que nós poderíamos ter levado para o centro na Biblioteca Murilo Mendes. Mas nós achamos  melhor trazê-la para a nossa sucursal, oferecendo  aos usuários da nossa biblioteca uma literatura de qualidade imagens de qualidade e ao mesmo tempo compartilhar com essas pessoas que freqüentem esse espaço a possibilidade de comemorar com a gente os primeiros 25 anos da biblioteca.”

Umas das freqüentadoras da biblioteca, a estudante Teily’Ane Teles, aprova a idéia da exposição e diz estar curiosa para conferir as obras. “Eu acho que pode ser atrativo para o local. Porque apesar de ter uma estrutura legal, as pessoas que moram na região acabam não aproveitado o que a biblioteca tem para oferecer. Aqui já tiveram muitas apresentações interessantes e o bairro tem muito potencial”. Para ela falta divulgação mais específica direcionada para os moradores dos bairros próximos que muitas vezes não usufruem da cultura oferecida por não tomarem conhecimento desses eventos.

Foto Exposição

O coordenador da Biblioteca Municipal, Vanderley Tomaz avalia se tratar de uma exposição rica e espera uma boa recepção das pessoas. “Acredito que a maioria das pessoas, estando no espaço e conhecendo o que está sendo expondo, com certeza haverá uma aprovação imediata. Temos a expectativa de uma aceitação plena do que está sendo apresentado e o desejo de que outras exposições continuem a vir.”

Exposições importantes já passaram pela Biblioteca Delfina Fonseca Lima, como a mostra “Cem Anos da Imprensa em Benfica”, que contou a trajetória de jornais locais, como o extinto jornal O Independente. Para os próximos meses já estão previstas diversas exposições, entre elas a mostra do escritor Pedro Nava, um dos principais memorialistas da literatura brasileira.

A Exposição Natal em Manuel Bandeira e Cândido Portinari começou nesta sexta-feira, 10 e vai até 31 de dezembro. A Biblioteca Delfina Fonseca Lima fica na Rua Marília, nº631, no Bairro Benfica e funciona de segunda à sexta, das 8:15h às 17:45h.

Vanderley Tomaz convida a população a prestigiar a exposição (Confira aqui).

Roseli Maria de Paiva - Foto Benfic@Net

Uma peculiaridade da Biblioteca Delfina Fonseca Lima são seus funcionários, como Roseli Maria de Paiva. Ela está na Biblioteca desde o primeiro dia da biblioteca que surgiu em 14 de dezembro de 1985. A maioria dos funcionários estão na instituição há mais de 10 anos.

Professora Delfina Fonseca LimaDelfina Fonseca Lima nasceu na zona rural do município de Lima Duarte, Minas Gerais, em 5 de maio de 1911. Ainda criança veio para Juiz de Fora iniciar seus estudos no internato do Colégio José Bicalho. Concluiu o curso ginasial no Colégio Granbery o magistério na Escola Normal Oficial, em 1932, integrando a primeira turma de diplomandas. Lecionou nas escolas estaduais Antônio Carlos, Almirante Barroso e Professor Lopes, sendo que desta última foi integrante do grupo de fundadores. Apreciava cinema e uma boa leitura. Delfina Fonseca Lima, Dona NONOCA, faleceu em 29 de dezembro de 1980.

A Biblioteca Delfina Fonseca Lima recebe doações de livros, revistas ou outros materiais. Para doar entre em contato através do telefone 3222-4320.

Mais Links:

Vida e Obra do pintor Cândido Portinari

Vida e Obra do escritor Manuel Bandeira

Bairro Benfica

Deixe um comentário

Arquivado em Cultura e Arte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s