UFJF cria nova carteira de estudante para evitar falsificações

Por Bruno Ribeiro

Início de período, pessoas ingressando e se despedindo da faculdade. Mais que a mudança do ambiente e do ciclo de amizades, as questões burocráticas tem de ser resolvidas. A carteirinha de estudante é uma delas. Neste início de 2011, a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) está promovendo alterações no documento, visando evitar falsificações.

Nas emissões anteriores, o documento que dá aos estudantes direito à meia entrada em eventos culturais, esportivos e de lazer, apresentava uma foto colada, além de informações, como nome completo do estudante, números de identidade e matrícula, nome do curso e o Cadastro de Pessoa Física (CPF), oculto com asteriscos. A nova versão tem como principais modificações a visibilidade do CPF e a foto digitalizada, que impede falsificações. “Antes os estabelecimentos culturais, casas de shows e estádios costumavam pedir a apresentação da carteira de identidade para comprovar a veracidade de carteira de estudante. No entanto, mesmo assim, as pessoas podiam trocar a foto e falsificar o documento. Com a digitalização da fotografia, a carteira não pode ser burlada com facilidade e torna – se intransferível”, afirmou a tesoureira do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFJF, Fabíola Paulino.

Fabíola Paulino vê com bons olhos a nova carteirinha de estudante. Segundo ela, digitalização do documento evitará falsificações

Para os que já têm o documento, a revalidação da carteirinha de estudante começou na última segunda – feira (28) na sede do DCE, com a colocação dos selos que renovam a documentação. Nesta semana, o DCE realizou o Conselho de CA´s e DA´s (Concada) para disponibilizar selos aos diversos Centros e Diretórios Acadêmicos da UFJF.

Divulgação divide opiniões

Estudantes enfrentaram filas para conseguir emitir a carteirinha de estudante

Os estudantes tem reclamado bastante da falta de informação a respeito da emissão ou revalidação da carteirinha, de uma maneira geral. O estudante do 1° período de Engenharia de Alimentos, Pedro Paulo Pimenta, acredita que pouco se sabe sobre a carteirinha. “Ficamos sem saber de nada. Só descobri que tinha de vir até a central de atendimento por uma colega de sala. Creio que a divulgação deste direito do estudante deveria ser massificada, com outdoors, cartazes e nos meios de comunicação, como tv, rádio, jornal e internet”, completou.

Já o estudante do 3° período de Economia, Diego Augusto Almeida, acha que as pessoas reclamam muito da divulgação e não buscam saber sobre seus direitos. “Na época em que eu ingressei na faculdade, demorei a ficar sabendo das coisas e corri atrás. Hoje a divulgação é bem maior. O pessoal reclama de barriga cheia”, completou.

Luan Cuppolino afirma que a UNE está trabalhando para melhorar a divulgação dos benefícios dos estudantes com o documento

O Diretor de Assistência Estudantil da União Nacional dos Estudantes (UNE) Luan Cuppolino, afirma que tudo está sendo feito para que os estudantes tenham, cada vez mais, infomações sobre a carteirinha de estudante. “Este documento é uma conquista histórica nossa. Temos direito a participação nos eventos e temos o dever divulgar isso. No entanto, reconheço  que a divulgação ainda é insuficiente”, afirmou.

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s