A Religião dos Colonos

Instituto Teuto-Brasileiro William DillyA chegada dos imigrantes germânicos em 1858 causou uma situação inesperada: a presença marcante de luteranos, pois até então havia poucos “acatólicos”, como eram denominados, no estado de Minas Gerais. Sem uma igreja específica e sem um pastor, os luteranos (foto ao lado) ficaram sem amparo religioso por um período, até que um pastor foi contratado.

Sem saber como agir, o então vigário da Cidade do Paraibuna, Padre Thiago Mendes Ribeiro, ordenou que o cemitério fosse dividida em duas partes: uma para os católicos e outra para os luteranos, o que pode ser ainda conferido nos cemitérios da Glória e de São Pedro.

Intolerante, a Igreja Católica somente permitia o casamento entre membros das duas religiões com a seguinte condição: a parte luterana deveria assinar um documento afirmando que passaria a freqüentar a Igreja Católica, que não tentaria “converter” o cônjuge ao protestantismo e que os filhos deveriam ser educados na fé católica.

“Mesmo depois de tudo isso, o casamento não podia ser feito na igreja. A celebração acontecia na casa da noiva ou na sacristia”, declara Roberto Dilly.

Rita CoutoHistória semelhante aconteceu com Iracema Belmiro Schepper (foto ao lado), mais conhecida como dona Cema. Nascida e educada na Igreja Luterana, dona Cema casou-se há 53 com Sebastião Schepper, católico. “Depois que eu casei meu pai me falou ‘minha filha, a mulher tem que acompanhar o esposo, não fica bem você ser de outra religião’. A partir de então eu passei a freqüentar a Igreja Católica. Fiz Primeira Comunhão, Crisma e sempre ajudo na igreja”, conta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s