Ensaio Sobre a Cegueira enche cinemas em Juiz de Fora

Fernanda Sabino – 20/10/08

 

 

Salas cheias nas exibições de Ensaio Sobre a Cegueira. Coisa difícil de se ver sempre nos cinemas de Juiz de Fora.

Cartaz do filme "Ensaio sobre a cegueira"

O cartaz do filme

A adaptação do livro de mesmo nome, cujo autor é o escritor português José Saramago, teve um brasileiro como diretor, Fernando Meirelles. A produção canadense contou com a co-participação das produções japonesa e brasileira. Um filme híbrido. Cenas gravadas no Brasil, outras no Canadá. Em alguns “takes” é impossível distinguir se o cenário faz referência a esse ou aquele, ou a qualquer outro, lugar.

A divulgação do filme na mídia foi intensa. Notícias, reportagens, entrevistas. A apresentação da película em Cannes foi permeada pela expectativa da reação do autor do livro, que presenciava a exibição e do público em geral, que estava à espera da obra nos cinemas.

Mas, especificamente, o que levou tantos expectadores a prestigiarem o filme? Foi o fato de ser uma

O escritor José Saramago

O escritor José Saramago

adaptação literária? O diretor brasileiro? A produção canadense? A divulgação nos meios de comunicação?

Para o professor e pesquisador de cinema, Nilson Alvarenga, o marketing e o investimento na distribuição de uma produção áudio-visual são fundamentais para que o filme afete a curiosidade das pessoas e, em alguns casos, com uma dimensão maior do que ele realmente representa. “Uma produção pode ganhar grande visibilidade pelos recursos investidos na distribuição. Isto transforma o filme em um produto que já vem com marca, através dos contatos acionados no momento certo, para criar a divulgação na mídia espontânea e indireta”, explica o professor universitário.

Nilson enfatizou a importância do Festival de Cannes para a produção: “No caso de ‘Ensaio Sobre a Cegueira’, o Festival de Cannes criou uma mídia espontânea fortíssima, que dá visibilidade ao filme”.

O livro "Ensaio sobre a cegueira"

O livro

A estudante Lívia França, de 20 anos, assistiu ao filme recentemente. O interesse pelo longa-metragem veio através da mãe: “Fiquei curiosa para assistir por causa dos comentários da minha mãe, que leu o livro”, conta. Lívia, que até então não leu a obra de José Saramago, diz que depois de ver o filme ficou mais curiosa. “Achei muito bom, com cenas marcantes e temática densa. Às vezes dava a sensação de que a gente perdia a visão por causa dos jogos de claro e escuro. O filme me tocou”, comenta a estudante.

Igor Guelfo, também estudante, de 18 anos, não teve uma reação muito diferente. Ele também não leu a obra e gostou tanto do filme, que agora quer ter contato com a literatura de “Ensaio Sobre a Cegueira”. “Achei muito interessante. A sociedade encara a visão como algo simples e José Saramago dá valor a ela”, disse. O estudante foi levado à sala de cinema pelos comentários que o filme causou. O autor português e as cenas gravadas em São Paulo também foram motivo de curiosidade de Igor.

No fim das contas, precisar a razão exata pela qual tanta gente tem ficado curiosa e, em função disto, tem ido aos cinemas assistir ao filme de Fernando Meirelles, é difícil. O fato é que a mídia jogou pesado com a divulgação do longa-metragem e isso multiplicou o interesse dos espectadores. O resultado desse cenário é cada vez mais positivo, à medida que as várias linguagens trazidas por “Ensaio Sobre a Cegueira” – literatura e cinema, permeados por traços brasileiros, portugueses, canadenses e japoneses – enriquecem a bagagem cultural  de quem prestigiar a produção cinematográfica nas telonas.

Anúncios

Uma resposta para “Ensaio Sobre a Cegueira enche cinemas em Juiz de Fora

  1. Savio Melgaço

    Fernanda. Parabéns! Gostei da abordagem. Além disso, seu texto alternou entre o jornalístico e o literário. Ótimo!
    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s