Mulheres ainda ganham menos, mas a realidade já é bem diferente

Davi Ferreira – 11/03/09

Com o passar do tempo as mulheres ganham cada vez mais espaço no mercado de trabalho. Porém, as condições de trabalho da mulher ainda são muito desiguais em comparação com à dos homens. A igualdade de remuneração entre homens e mulheres foi aprovada em 1951 pela Organização Mundial do Trabalho. Embora mais próxima do que naquela época, essa realidade ainda não se consolidou.

De acordo com a pesquisa mensal de emprego do IBGE, existem 9,4 milhões de mulheres trabalhando nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil (Recife, Salvador, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre). Hoje, esse número corresponde a 43,1% das mulheres. Em 2003 esse número era apenas de 40,1%. O rendimento médio das mulheres corresponde a 71,3% do que ganha o homem que trabalha em igual função.

O único quesito em que as mulheres levam vantagem é na escolaridade. Entre a população empregada 60% delas tem curso superior, mas ganham em média 40% a menos do que os homens de mesma formação.

Apesar disso as mulheres estão conquistando seu espaço, ocupando profissões que antes eram restritas apenas ao sexo masculino. Simone Cristina Leite, 32 anos, formada em Ciências Contábeis, é um bom exemplo disso. Ela é dona de um lava-jato e lanternagem no bairro Santa Luzia em Juiz de Fora/MG. Simone também teve uma oficina mecânica e um estabelecimento de pintura para carros.

Simone Cristina Leite, empresária

Simone Cristina Leite, empresária

Ela conta que sempre foi apaixonada por carros. Quando teve a idéia de montar a oficina, toda a família e a maioria dos amigos foram contra. Mas tentou assim mesmo, foi em busca do seu sonho.

No primeiro negócio, com um mecânico que conhecia, vieram as primeiras dificuldades. ”Acontecia muitas falcatruas por parte do mecânico. Pelo fato da maioria das pessoas não entenderem a parte técnica, ficava fácil dele me enrolar e enrolar os outros, eu percebia e isso me incomodava”, afirma Simone.

Ela rompeu como mecânico, procurou outro ponto e montou uma pintura de veículos. Teve as mesmas dificuldades. O sócio, aproveitando o fato de ela ser mulher, também tentava levar vantagem. Simone afirma que ele não honrava os compromissos com os clientes e isso também a incomodava. “Às vezes ele demorava meses para concluir um serviço”, afirma.

Quando montou o lava jato ela estava mais esperta. “Antes eu era boba, mas com o tempo fui aprendendo a lidar com as malícias do negócio.” Há dois anos e quatro meses trabalhando no bairro Santa Luzia, Simone diz ter conseguido ganhar o respeito e a amizade dos clientes e funcionários, até dos mais machistas. “No começo, alguns nem vinham fala comigo. Perguntavam: cadê o rapaz da oficina? Quando dizia que eu era a proprietária, muitos estranhavam.”

Agora, ela garante que muitos clientes confiam mais em seu trabalho pelo fato de ser mulher. A fiscalização também confia mais nela pelo fato da mulher ser considerada mais confiável e cuidadosa do que o homem.

Lavajato de Simone

Lavajato de Simone

“Uma vez a fiscalização veio aqui e detectou a falta de uma caixa separadora de resíduos no meu estabelecimento. Geralmente, em oficinas comandadas por homens, eles nem dão papo. Multam de cara. Comigo foi diferente. Eu virei para ele e disse: eu sei que estou errada, me fala o que tenho que comprar que eu regularizo a situação. O fiscal me deu um prazo e ainda me indicou os lugares onde eu poderia comprar os materiais que estavam faltando. Eu regularizei a situação dentro do prazo e escapei da multa.”

O número de mulheres que empregam ainda é muito pequeno, cerca de 3%. Porém, a realidade já é bem diferente. A tendência que as mulheres tenham uma participação cada vez maior em setores que antes eram ocupados apenas por homens.

Anúncios

Uma resposta para “Mulheres ainda ganham menos, mas a realidade já é bem diferente

  1. Paulo Silva

    Isso mesmo nunca desista do seu sonho faça de tudo com honestidade, franquesa que no final do tera um bom resultda…. Paulo ssa/bba….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s