Ângelo Bigi

Mariana Franzini – 29-04-2009


Espalhados por vários prédios da cidade, os trabalhos de Ângelo Bigi não passam despercebidos mesmo aos olhos menos atentos. Talento redescoberto com a reforma do Cine-Theatro Central, em 1996, Bigi realizou pinturas no antigo Banco de Crédito Real e em igrejas da região, como a Matriz de Matias Barbosa. Em pouco mais de três décadas, o artista imprimiu na cidade a beleza de sua arte.

Bigi foi um dos artistas mais influentes e respeitados de sua época

As cores de Bigi fazem do Cine-Theatro Central uma obra de arte completa

Nascido na capital italiana, em 1887, Ângelo Bigi iniciou seus estudos na Escola de Belas Artes de Roma. Aos vinte anos, aportou em São Paulo, mas logo se mudou para o Rio de Janeiro onde freqüentou o Curso Livre de Paisagem e foi discípulo de Batista Costa. Movido pelas oportunidades que Juiz de Fora prometia, o artista se instalou aqui logo após a Primeira Guerra e ornamentou grande parte dos suntuosos edifícios construídos pela Companhia Pantaleone Arcuri.

Além de espaço para realizar suas obras, o artista encontrou em Juiz de Fora uma comunidade italiana que o aproximava de suas origens. Casou-se com uma também imigrante italiana e firmou na cidade suas raízes e uma longa parceria com o arquiteto Raphael Arcuri. Dessa associação surgiram bens, hoje patrimônios históricos, como a Associação Comercial (1918) e a antiga sede da Companhia. Nestes prédios, além da requintada arquitetura, assentam-se pinturas ornamentais e murais – alguns não assinados, como as obras presentes na residência dos Arcuri.

Cerca de 20 telas de autoria de Bigi estão em posse de sua família. O neto do artista, Aécio Bigi de Aquino, que possui duas destas obras (Velho Fauno e Nu), explica que as telas foram divididas entre os filhos após a morte da esposa de Ângelo e não foram mais reunidas. “Parte da família reside no Rio de Janeiro e Niterói, é difícil coletar material para expor esses quadros do meu avô que ficaram conosco”, justifica Aécio Bigi.

Considerada a obra mais importante de Bigi, as pinturas decorativas do Cine-Theatro Central complementam de forma prodigiosa o grandioso projeto arquitetônico. A fachada simples e discreta, no estilo art déco, se contrapõe ao trabalho de características neoclássicas, com a delicadeza de figuras míticas e paisagens oníricas. Bailarinos, ninfas e faunos ladeiam efígies de gênios da música, como Beethoven, Verdi e o brasileiro Carlos Gomes.

Detalhe da pintura de Bigi no foyer do teatro

Detalhe da pintura de Bigi no foyer do teatro

Bigi foi um dos artistas mais influentes e respeitados do grupo que fundou a Sociedade Belas Artes Antônio Parreiras. Essa agremiação tinha por meta reunir os artistas locais, difundir e aperfeiçoar as artes plásticas através do contato entre seus realizadores. O italiano deixou inacabada a tela “Artistas da SBAAP” (1952) em que se retratou ao lado da “velha guarda” da Sociedade, entre eles Carlos Gonçalves, Américo Rodrigues e Silvio Aragão.

Além das pinturas parietais realizadas em Juiz de Fora e cidades do interior do estado, Bigi deixou uma vasta obra de pinturas em cavalete, especialmente, paisagens, alegorias, retratos e naturezas mortas. Obras relevantes também estão em Belo Horizonte – na capela do Palácio Cristo Rei, no Cine Brasil e algumas obras no Museu Mineiro.

Anúncios

3 Respostas para “Ângelo Bigi

  1. Amanda

    As pinturas de Bigi são lindas mesmo, em especial o Cine Teatro Central e a Associação Comercial. Você tem alguma informação das caricaturas que eles fazia para o jornal diario mercantil??? Se você tiver qualquer informação peço que entre em contato comigo.

    Obrigada!

    Amanda Almeida

  2. Leonardo Quintella Santos

    Tenho um lindo quadro do Bigi,gostaria de me desfazer dele,data : 1952,paisagem rural,quer entrar em contato comigo?
    Se quiser mais informações entre em contato com meu e-mail.
    Aguardo resposta,Obrigado.

  3. Leonardo Quintella Santos

    Tenho um lindo quadro do Bigi,gostaria de me desfazer dele,data : 1952,paisagem rural,quer entrar em contato comigo?
    Se quiser mais informações entre em contato com meu e-mail.
    Aguardo resposta,Obrigado.

    leo-qs@bol.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s