Lei Murilo Mendes (quase) de volta em 2009

Funalfa já possui o edital da Lei Murilo Mendes 2009 e só espera a liberação da verba

Funalfa já possui o edital da Lei Murilo Mendes 2009 e só espera a liberação da verba

Henrique Vale – 23/03/2009

Depois de um ano cheio de controvérsias a respeito do maior fomento à arte e cultura de Juiz de Fora, a Lei Murilo Mendes parece estar próxima de sua volta. Durante o ano de 2008 a lei de incentivo foi suspensa graças aos escândalos descobertos na Prefeitura Municipal e a verba de 1 milhão de reais concedida a projetos culturais da cidade acabou cortada. Ao contrário do que o ex-prefeito José Eduardo Araújo havia garantido o edital de 2008 acabou não saindo e a classe artística juizforana ficou “a ver navios”.

Com nova administração municipal a expectativa é de que 2009 seja um ano diferente. Segundo o secretário da Lei Murilo Mendes, Augusto Costa, já está tudo pronto por parte da Funalfa para que o edital do exercício 2009 da lei seja lançado. O secretário afirma que na campanha do atual prefeito, a lei havia sido garantida e que não deve haver a possibilidade de cortarem a verba. O secretário lembrou que a primeira edição da lei aconteceu em 1994 sob a administração do próprio prefeito Custódio Mattos. (Ouça abaixo o depoimento do secretário Augusto Costa na íntegra ou clique aqui)

A jornalista e professora Christina Musse acredita que a Murilo Mendes é fundamental para a classe artística da cidade

Christina Musse acredita que a Murilo Mendes é fundamental para Juiz de Fora

Para a jornalista e escritora Christina Musse, contemplada em 2007 com a verba para lançamento de seu livro “Imprensa, Cultura e Imaginário Urbano – Exercício de memória sobre os anos 60/70”, é fundamental para a classe artística da cidade que a Lei Murilo Mendes aconteça em 2009. A escritora afirma que o incentivo municipal é para alguns artistas de Juiz de Fora a única oportunidade de realizar os seus projetos pois as etapas de leis de maior porte como a Lei Estadual de Incentivo à Cultura ou a Rouanet acabam tornando inviáveis projetos de caráter regional.

Apesar da Funalfa sempre lançar os editais da Lei Murilo Mendes no primeiro semestre, o secretário Augusto Costa afirma que a legislação não prevê essa obrigação. E deixa claro que mesmo que a verba saia apenas no segundo semestre não haverá problema para a concretização da edição 2009 da lei de incentivo à cultura de Juiz de Fora.

Anúncios

2 Respostas para “Lei Murilo Mendes (quase) de volta em 2009

  1. Marcos Grijó

    A Cultura é um belo caminho para o desenvolvimento.
    Juiz de Fora está no caminho certo.

    Att.

    Marcos Grijó

  2. acho q com essa lei as culturas possam se desenvolver melhor em jf.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s