Arquivo do autor:renatoitabora

Copa Prefeitura Bahamas de Futsal recebe 290 times para disputar o título

Por Renato Itaboray

Está sendo realizada, desde o dia 15 de março, a Copa Prefeitura Bahamas de Futsal, organizada pela Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) com apoio do Supermercado Bahamas. A competição reúne 290 times disputando o título, divididos em 11 categorias. Os jogos são realizados nos principais clubes esportivos da cidade e em quadras poliesportivas de algumas escolas. Confira, em cada categoria, o número de inscritos, a forma de disputa e o atual campeão:

Iniciante: 48 equipes, nesta categoria não há competição, só participação.

Pré-mirim: 36 equipes em 4 chaves de 9, sistema de dupla eliminatória dentro da chave. Atual campeão: Centro de Futebol Zico.

Mirim: 36 equipes em 4 chaves de 9, dupla eliminatória dentro da chave. Atual campeão: Sport Club Juiz de Fora.

Infantil: 44 equipes em 4 chaves de 11, dupla eliminatória na chave. Atual campeão: Clube Bom Pastor.

Infantil Feminino: 11 equipes em 1 chave de 11, dupla eliminatória. Atual campeão: Instituto Vianna Júnior.

Infanto-juvenil: 34 equipes em 2 chaves de 8 e 2 chaves de 9, dupla eliminatória. Atual campeão: Matias Barbosa.

Infanto-juvenil feminino: 7 equipes em 1 chave de 7, dupla eliminatória. Atual campeão: Academia de Comércio.

Juvenil: 19 equipes em 1 chave de 9 e 1 chave de 10, dupla eliminatória na chave. Atual campeão: Aristocrata

Adulto: 41 equipes em 3 chaves de 10 e 1 chave de 11, dupla eliminatória na chave. Atual Campeão: Grupo Rezato.

Adulto feminino: 6 equipes  em 2 chaves de 3 equipes, classificação dentro da chave. Atual Campeão: Esporte Clube Benfica

Veterano: Este ano só houve duas inscrições e não haverá disputa na categoria. Atual campeão: Esport Clube Jardim Glória / Sapasso.

Master: 6 equipes em 2 chaves de 3 equipes, classificação dentro da chave. Atual campeão: Grupo Rezato.

No dia 12 de março foi realizado, no ginásio do Colégio dos Jesuítas, o desfile de abertura da Copa Prefeitura Bahamas de Futsal. O desfile reuniu 435 atletas, integrantes das 84 equipes, das categorias Iniciante e Pré-Mirim.

Copa Prefeitura Bahamas de Futsal 2011


Polêmica sobre os horários dos jogos

Ernesto Nunes, jogador da equipe 2010 F.C., tem 22 anos e não gostou dos horários das partidas: “Para o nosso time, colocar uma partida no domingo de manhã é cruel. Todos os atletas do 2010 F.C. estão na mesma faixa etária que eu, e geralmente todos saem no sábado à noite para alguma festa, ou algo assim. O jogo, sendo no domingo de manhã, prejudica, e muito, o desempenho do time.”

Entretanto, não foram todos os jogadores que desaprovaram a tabela. Gabriel Reis, que tem 32 anos e também participa da competição, afirmou: “Melhor impossível. Como todos trabalham durante a semana, o ideal mesmo é marcar os jogos nos finais de semana. Sendo de manhã fica melhor ainda, que dá para passar o resto do tempo com a família e com os amigos.”

Outras informações poderão ser obtidas na Assessoria de Comunicação da SEL pelo telefone (32)3690-7844, ou clique aqui.


Endereços e telefones dos locais de realização dos jogos:

A. A. B. B.: Rua Dr. Deusdedith Salgado, 1690 –  Telefone: 3215-7119

Academia de Comércio: Rua Halfeld, 1179 – Telefone: 2102-7711

Cascatinha Country Club: Ladeira Alexandre Leonel, 380  – Telefone: 3229-4100

Clube Bom Pastor: Av. Senador Salgado Filho, s/nº – Telefone: 3212- 0825

Colégio dos Jesuítas: Av. Independência,1600 –  Telefone: 2101-5700

SESI/JF: Av. Brasil, 3357 – Telefone: 3239-2266

– Sport Club Juiz de Fora: Av. Rio Branco, 1303 – Telefone: 3215-4613

Tupynambás FC: Rua Delorme Louzada, 32 – Telefone: 3084-3757


Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Esporte

Parlamento Jovem dá oportunidade para estudantes na política

Por Renato Itaboray

Foi instalado na tarde do dia 24 de março, o Parlamento Jovem da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em Juiz de Fora. A cerimônia marcou o início da participação política de 85 estudantes juizforanos do 1º e 2º anos do ensino médio. Alunos da Escola Estadual Coronel Antônio Alves Teixeira, dos colégios Santa Catarina e dos Santos Anjos formam o grupo que fará contribuições à legislação estadual referente à destinação ideal de resíduos.

Os alunos serão responsáveis pela discussão do assunto e pela produção de propostas a serem encaminhadas ao Parlamento Mineiro. As propostas podem contribuir para as legislações municipais, já que serão primeiramente discutidas na Câmara Municipal.

O projeto foi desenvolvido no ano passado em Belo Horizonte e agora parte para o interior de Minas Gerais, contemplando 12 cidades. Além do respaldo da Câmara Municipal, os alunos contarão ainda com o apoio de monitores da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

A ação dá novos ares à educação dos alunos, mostrando caminhos alternativos para o ensino nas escolas. O programa incorpora valores democráticos aos alunos, ao mesmo tempo em que aperfeiçoa as instituições políticas, por meio da participação.

Deixe um comentário

Arquivado em Política

Aumenta o número de blitz policial em JF

Por Renato Itaboray

Os motoristas que circulam pelas ruas de Juiz de Fora certamente já notaram o aumento do número de blitz policial na cidade, devido à lei seca. A regulamentação, que existe desde 2008, vem ganhando mais fiscalização esse ano em Minas Gerais, e a maioria dos motoristas aprova o policiamento mais intenso.

O aposentado de 67 anos, Joaquim de Souza, comemora a exigência do cumprimento da lei. “Já passou da hora de ela vigorar no país. Eu me sinto muito mais seguro no trânsito quando há mais fiscalizações”, comentou Joaquim, que utiliza o carro todas as vezes que sai de casa.

Quem também comemora o aumento do número de ações policiais no trânsito  em JF são os taxistas, que garantem que houve uma maior procura pelo serviço depois que a lei passou a ser mais fiscalizada. “A demanda por táxis aumentou bastante na cidade, mas ainda é pouco. As pessoas não têm o costume de deixar o carro em casa para sair e beber, mas isso está mudando aos poucos, por meio da maior fiscalização e conscientização dos motoristas”, disse o taxista Reynaldo Pereira, que trabalha no centro da cidade.

Em 2009, a PM registrou 84 ocorrências envolvendo embriaguez ao volante e, em 2010, chegou na casa das 90. A tendência é que o número caia esse ano, já que a fiscalização tem sido maior. Os taxistas vão receber adesivos para incentivar a pessoa que vai beber a usar essa alternativa de transporte.

 Lei Seca Mineira

A repressão da combinação álcool e direção em Minas Gerais passará a ser realizada de forma integrada no final do mês de abril. Desde fevereiro, o Comitê Gestor de Trânsito (CGT), criado por decreto do governador Antonio Anastasia, tem se reunido semanalmente para discutir estratégias para a redução das mortes no trânsito do Estado.

A primeira grande ação deste Comitê será exatamente a operação Lei Seca mineira, cujas ações estão em fase final de definição. O Comitê Gestor de Trânsito é formado por representantes de cerca de 30 órgãos ligados ao trânsito, como a Secretaria de Estado de Defesa Social, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Estrada e Rodagem (DER), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), entre outros.

Deixe um comentário

Arquivado em Cotidiano

Festival Grito Rock agita final de semana na cidade

Por Renato Itaboray

Realizado durante os dias 25, 26 e 27 de março em Juiz de Fora, o festival Grito Rock embalou as noites do Cultural. O festival, que é um dos maiores do país, não é apenas um evento de rock, mas também um revelador de bandas novas da cidade e região.

Na sexta-feira, quem fez o show principal foi a banda de Brasília, Móveis Coloniais de Acaju. Os grupos regionais Manolos Funk e Silva Soul também passaram pelo palco no 1º dia. Já no sábado, o destaque foi para o músico baiano Maurício Baia, que dividiu o espetáculo com as bandas Samba de Luiz e Martiataka. No último dia do festival em Juiz de Fora, 10 grupos locais fizeram a alegria do público: Matilda, Cidadão Comum, El Efecto, Taysa Ferreira, Glitter Magic, Sumbulus Duo, Black Sonora, Monograma, Ladrão e Lumière.

Um dos produtores do evento, Gian Martins,  faz parte do Coletivo Sem Paredes e comentou a importância do evento para o cenário independente musical da cidade:

“Acho que Juiz de Fora tem uma cena independente já com uma tradição muito bacana, e com muitas bandas legais que têm uma estrada na formação bem massa. Um festival desse porte e mais, a articulação da cidade dentro do Circuito Fora do Eixo, pode levar essa cena que já é bem desenvolvida aqui para circular o Brasil e formar a galera ainda mais.”

O Circuito Fora de Eixo é uma rede de trabalhos concebida por produtores culturais das regiões centro-oeste, norte e sul. O objetivo é estimular a circulação de bandas, o intercâmbio de tecnologia de produção e o escoamento de produtos nesta rota batizada de “Circuito Fora do Eixo”.
O evento foi considerado um grande sucesso, tanto para os produtores quanto para os espectadores. Veja a opinião de algumas pessoas:

Arthur Bastos é formado em Direito

“Achei um evento maneiro, com um bom suporte. A iniciativa também foi muito boa, porque é um evento que rola em várias cidades, e é sempre bom ver Juiz de Fora por dentro de eventos dessa magnitude.” (Arthur Bastos)

Otavio Costa é estudante de Letras

“É importante porque chama atenção das pessoas para o movimento musical de Juiz de Fora, que precisa de apoio. Com tal evento sendo realizado na cidade, tendo em vista sua imensa repercussão nos países do continente, é possível que investidores e grandes atrações olhem para Juiz de Fora com mais atenção. Achei o show também muito interessante, pelo menos o dia que fui (sexta-feita).” (Otavio Costa)

O Festival Grito Rock agora segue para outras cidades do Sudeste do país, e também para outros países.

Deixe um comentário

Arquivado em Cultura e Arte